JESUS, O CRISTO – Redação do Momento Espírita 5/5 (1)

Download PDF

A figura de Jesus de Nazaré ainda hoje é motivo de muita polêmica. Para muitos, Ele não passou de uma lenda.

Existem, contudo, vários testemunhos sobre a Sua vida, fora das páginas do Novo Testamento.

O mais antigo de todos remonta aos anos 93/94 e se encontra nas antiguidades judaicas, de autoria de um judeu de nome Flávio Josefo.

No ano 112 o procônsul da Bitínia, Plínio, o moço, dirigiu uma carta ao imperador romano Trajano onde menciona Jesus.

Depois dele, em 115, um seu quase contemporâneo de nome Tácito, falou a respeito desse homem invulgar, conhecido em Sua aldeia onde morava e trabalhava como Joshua Bar Josef, seu nome em hebraico.

Também O descreveu Suetônio, mais ou menos no ano 120, na obra Vida de Cláudio, bem como o Talmude judeu, com narrações dos rabinos.

No entanto, Ele foi biografado pelos quatro evangelistas: Mateus, Marcos, Lucas e João.

Dizem-nos eles que Jesus exerceu o mesmo ofício de Seu pai, o de carpinteiro. Era costume judaico que o homem dedicado a trabalhos intelectuais tivesse um modo de sobrevivência.

Jesus não Se casou. Todo o Seu amor foi canalizado para a Sua missão.

Tinha para com as mulheres um sentimento extremamente delicado, tratando-as como irmãs. Naturalmente, elas retribuem, Lhe oferecendo sua amizade e O acompanham.

É Madalena, da cidade de Magdala; Verônica, curada de hemorragia crônica; Salomé, a mãe de dois dos Seus discípulos; Maria, Sua mãe; Marta e Maria, irmãs de Lázaro; Joana, a esposa do intendente de Cusa.

Sua natureza elevada, a ternura do Seu coração Ele a extravasou em doçura infinita, em poesia.

Humildade, perdão, caridade, abnegação, justiça pregou em Seus ensinos através de axiomas como: Aquele que se humilha, será exaltado; o que se exalta será humilhado.

Perdoai e sereis perdoados.

Amai os vossos inimigos. Fazei o bem aos que vos odeiam. Orai pelos que vos perseguem.

A sequência dos Seus princípios era um culto puro, sem práticas exteriores, baseado nos sentimentos do coração.

Sede perfeitos como vosso Pai é perfeito, é o convite que faz a todos os homens.

Em toda a História da Humanidade, houve homens que escreveram excelentes máximas. Houve também homens virtuosos mas que nada fizeram para que a virtude tivesse continuidade no mundo.

Por isso mesmo, Jesus é inigualável. Ele falou e agiu, apresentando Sua doutrina em palavras e obras.

Todos os exércitos que já desfilaram por este mundo, todos os navios que já atravessaram os mares, todos os reis e rainhas que já reinaram, todos juntos não influíram tão fortemente na vida humana como O fez Jesus, esse personagem imortal.

* * *

Nosso tempo é contado a partir da data do nascimento de Jesus.

Ele é o personagem histórico sobre o qual mais se escreveram livros, compuseram músicas e pintaram quadros.

Redação do Momento Espírita, com base no cap. 5 do livro Vida de Jesus, de Ernest Renan, ed. Martin Claret.

286 total views, 1 views today