NÃO IGNORE O DEPRESSIVO 3.33/5 (3)

Download PDF

Contribuição de ROBERTO LUIZ C B C DOS SANTOS

NÃO IGNORE O DEPRESSIVO

Se tiveres deprimido na família e o ama, pesquise tudo sobre a doença e o comportamento da pessoa com esta enfermidade que acomete milhões de pessoas no mundo, de forma a entender suas recusas e reações de comportamento frente aos desconfortos e medos que não sabem explicar e, justificar os porquês de estar assim.

O conhecimento permite-nos compreender e aceitar que não se deve jamais, impor ao depressivo, situações que para ele, são conflitantes e doloridas.

Retrucar e mostrar-se que não gostou de suas atitudes em recusas, piorará o quadro da doença, pois reagirá com o sentimento de culpa por estar assim, sem querer, fazendo os outros infelizes.

É a incompreensão e ignorância sobre a doença que propicia alterações e reações deles, em cometer suicídio para “aliviar-lhe a dor invisível”.

O mal é o de considerarmos aparentemente normal quando na verdade, a alma deste ente querido requer atenção, compreensão e amor de todos.

Quando ignoramos esta dor, o universo nos retornará com condições propícias para nos sentirmos na mesma situação de dores; e, assim, aprendermos a solidarizar com as dores dos outros.

Paz e luz

Roberto Luiz Santos. 30-06-2016

1,006 total views, 4 views today