Teu Tempo 4.86/5 (7)

Download PDF

Um Amigo Contribuição de Pedro

Observa-te no espelho, detendo-te nas particularidades da própria face.

Perceberás que já não apresentas a mesma jovialidade de anos atrás.

Mudaram-te os traços e o viço da juventude, que julgavas eterna em determinado momento da existência, já não mais se manifesta.

Todavia, não te detenhas nas críticas, apenas.

Repara em teus olhos e repassa, rapidamente, as experiências que tivestes.

Amores, alegrias, o lar, os filhos, assim como as dores e separações inevitáveis.

De tudo isso, restou uma claridade equilibrada marcante.

Das lágrimas que verteste não restaram marcas, mas teu rosto muitas vezes foi tocado pela salinidade das emoções liquefeitas.

Tudo isso, meu irmão, traduz a vida, a tua vida, e os reflexos nas vidas de muitos.

Se parcela considerável do teu tempo já passou, dentro dos padrões terrestres, considera que ainda pode estar ao teu alcance inumeráveis anos, que te convidam a continuar nessas experiências fundamentais para teu progresso.

Teu tempo do passado agora é bagagem, mas teu tempo futuro é sempre esperança.

Um Amigo – (O espírito comunicante preferiu não se identificar).

Página psicografada na noite de terça-feira, 20/06/2017, na Legião Espírita de Porto Alegre, por Alberto Sampaio, em sessão com a coordenação de Pedro Fagundes Azevedo).

216 total views, 2 views today