PACIÊNCIA – Célia Simioni 4/5 (5)

Download PDF

Estou inquieta, intranquila porque aguardo algo que venha do alto e seja colocado dentro dos meus pensamentos para que eu possa começar a escrever.

Aguardo, espero e mil ideias passam, nomes, objetos, temas mas todos eles eu refuto e o tempo passa e fico a esperar que as palavras apareçam. De repente uma ideia: – PACIÊNCIA – Por quê? Porque estou irritada e preciso de calma e serenidade para poder pensar, organizar ideias e escutar o que têm a me dizer.

Como é bonita a serenidade ao falar, esclarecer um fato! Como é lindo saber esperar, programar uma meta e lutar por ela. É assim que se usa a paciência. Ela é ferramenta útil é praticada dentro do dia a dia, envolvendo uma série de pessoas. Ela é contagiosa e edificante.

Quando utilizamos a paciência tudo fica mais fácil, o trabalho sai perfeito com esmero, sai mais rápido porque fazemos uma vez só, não precisamos repetir por diversas vezes por erro.

A caminhada é constante; Deve-se treinar usar muito bem essa virtude para poder verificar os frutos deste treino.

A paciência leva à compreensão, interesse pelas coisas dos outros e por nossas atividades. Mostra-se inteligente, não perde a tranquilidade no que quer, no que decide vibrando segurança em todas as direções.

É o remédio para a intolerância. É conforto para os desesperados. É paz para a alma desequilibrada.

Quando algum necessitado aproxima-se de uma pessoa paciente ele já melhorou com a sua aparência, contagia o ser em conflito, transmitindo serenidade, auxiliando-o a decidir seu roteiro cultivando a inteligência, podendo discernir o certo do errado, o bom do mau, o falso do verdadeiro e assim por diante.

Quanto tempo perdido nos desequilíbrios psíquicos e espirituais sem falar dos desajustes físicos sendo impetuoso impaciente imperando a impulsividade em todas as abordagens. Que ignorância acreditar que a pressa pode ajudar em alguma coisa pois queremos nos ver livres rapidinho das dificuldades e acreditamos que com as manobras fáceis e rápidas estamos afugentando as adversidades . Que ilusão! Que frenesi!

Não esqueças que a impaciência precede sempre a ação de cair.Um segundo definimos muitas vezes o nosso futuro.. Sem calma é impossível observar e trabalhar para o bem.

“Todo serviço mal feito deve ser refeito” diz o ditado. “A pressa é a inimiga da perfeição, portanto vários caminhos nos levam à perfeição menos os comentados”.

A paciência como outras virtudes é conquistada e não dada por alguém, portanto, passa por um processo de educação, treino, repasse, juntamente auxiliada por outras qualidades do coração como a caridade, a esperança, a fé, a humildade, o perdão, todas se levantando num coro de união para transformar o homem embrutecido, enfurecido, entorpecido em um homem generoso, bondoso capaz de amar, doar, acreditar e ser Feliz!

27-07-2000

Célia SImioni

264 total views, 5 views today