PREFACIO – Horizontes da Mente – Miramez 5/5 (1)

[Total: 0    Média: 0/5]
Download PDF

Um livro é um acúmulo de ideias que o escritor seleciona, por meios que muitos leitores desconhecem.

Há muitas ciências ou engrenagens espirituais, cujas funções dificilmente podem ser explicadas com clareza pelo raciocínio e pela linguagem.

Esta de que falamos é uma: a ciência de pensar, de escolher assuntos, de educar a mente e, para tanto, o companheiro Miramez é hábil expositor.

A compreensão do leitor, nesse sentido, irá se desabrochando com o perpassar das páginas e, na gradação do avanço, ele notará, pela sua própria razão, o que pode se dar nos horizontes da sua mente.

Horizontes da Mente é um ato de caridade cristã de uma alma para milhares delas, nos corredores do mundo terreno.

Toca em pontos dificilmente comentados pêlos escritores espiritualistas, com muita veemência, emprestando a quem lê a convicção de que o trabalho de reforma mental é o alicerce onde será construído o edifício da sua felicidade.

Mostra que o céu é mais real dentro de nós, mas que depende de coisas e seres externos.

Há livros iniciatórios que levam o leitor somente para dentro de si, de forma tal que tudo o que é exterior perde o valor para ele.

E o egoísmo, nessas circunstâncias, ganha terreno, avança no coração e domina a inteligência.

O separativismo floresce nos ambientes do mundo interno e, talvez, o orgulho nasça, sem que o espírito tenha meios de expulsá-lo.

Eis o perigo, na instrução dos leitores acerca de determinados assuntos delicados, na auto-educação.

Não há hora tão grave como essa para o estudante da verdade.

E sempre, nesses momentos, lembremo-nos de Jesus Cristo, o Mestre incomparável, que mostrou, com riqueza absoluta, a fertilidade do solo espiritual dentro de nós, sem esquecer de associar, a isso, a ajuda exterior, como lei divina.

Se Deus não deseja isolar-se de nós, estando presente em tudo, como nós outros, simples criaturas d Ele, vamos nos recolher ao ostracismo, esquecendo a criação anterior! Ê o que acontecerá conosco se obedecermos â força do egoísmo, chegando ao ponto de explodirmos, invadindo os espaços exteriores limitados pela lei da fraternidade – o amor.

Os dois mandamentos escolhidos pelo Mestre – Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos – são fundamentais para o assunto a que ora nos referimos.

Nós estamos, escolhidos, por sintonia, ao lado do próximo.

E a vida feliz é aquela que esplende no meio termo: não se esconder demais, nem se mostrar com exagero; não comer fora do limite, nem ficar com fome; não beber para embriagar-se, nem protestar contra a bebida; e, assim, sucessivamente.

Não esqueceu o Divino Amigo de dizer: Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus A vida feliz é equilíbrio, é harmonia, e isso tudo é amor.

Quem pode viver no mundo somente dentro do lar, porque o lar é o alicerce da civilização? De fato ele, harmonioso, é uma nesga do céu.

No entanto, para que ele permaneça de pé, a lei pede que se movimentem os seus componentes.

Têm de trabalhar fora, de comprar coisas fora, de beber a água pura que vem de fora, de se educarem fora do lar etc.

Como desprezar o exterior, a amizade, o contato com os nossos semelhantes, se a eles devemos amar, depois de Deus? – 5 – Horizontes da Mente abre mais um ângulo para a educação aproveitando as forças já em domínio.

É aquela caridade que pode-remos fazer a nós mesmos e que, certamente, redunda em benefício dos outros, porquanto sempre estamos em convívio com o próximo.

Horizontes da Mente retraía bem o encontro de Jesus com a samaritana.

O escritor espiritual pede um pouco de atenção, que não deixa de ser a água do mundo e, em devolução, dá a água da vida, despertando qualidades no leitor, e nele abrindo um pouco de saber, onde poderá beber de um líquido inextinguível.

Este livro é apropriado para a época de tantas desilusões.

Se lerdes com cuidado, notareis o que há de ser daqueles que não cuidam da educação da mente, e até onde os seus pensamentos podem atingir.

Tudo está preparado para um avanço da humanidade na ascensão espiritual.

Mas, no reparte, há uma parte que vos pertence.

Cumpri o vosso dever.

Educai-vos – porque a educação é o princípio do amor – que sereis livres para subir onde Deus determinar.

Horizontes da Mente é um livro em forma de luz e uma luz em forma de livro, para os que querem se livrar das trevas.

Bezerra 10 de novembro de 1974 – Belo Horizonte – Minas Gerais.

672 total views, 3 views today