VALOR DA COMUNICAÇÃO – Horizontes da Mente – Miramez 5/5 (2)

Download PDF
[Total: 0   Average: 0/5]

O intercâmbio é a base do progresso.

Comunicar-se com os outros é trocar valores imortais, é viver com mais harmonia, é a fraternidade em sua ação de amor.

Para vivermos, dependemos da comunicação, nós e as coisas; de trocar, com os recursos que a evolução nos outorgou.

O que aprendemos parece-nos inconveniente, se não o damos à luz para que outros saibam, e as experiências dos outros nos favoreçam.

Qual seria a situação do médico, se ele não encontrasse doentes para colocar em função seu saber? Qual a situação de um advogado, se ele não encontrasse os casos de justiça, para exercer sua profissão? E o dentista, o professor, o engenheiro, o político etc.

? A comunicação é a argamassa divina, é o impulso da vida em busca da própria vida.

A existência do corpo físico depende da comunicação sábia da alma com todo o anatomismo fisiológico, desde os átomos até os órgãos.

Saber comunicar já é uma arte própria do espírito que começa a se libertar da ignorância.

Nós, quando falamos bem aos nossos semelhantes, desejando-lhes, com dignidade de ama, a paz, a saúde, o puro amor, estamos, em muitos casos sem saber, estimulando a nós mesmos para esse objetivo, em primeiro lugar.

Se infundimos ânimo, fé, esperança, nos nossos semelhantes, a ciência espiritual nos afirma que somos os que mais participamos dessa felicidade.

As leis de Deus nos asseguram que somos nós os mais beneficiados, quando beneficiamos.

E essas mesmas leis são vivas e justiceiras.

Quando queremos empaná-las, fazermo-nos de esquecidos da sua açâo no ódio e na vingança, responderemos por tudo.

Todos os tipos de comunicação que a civilização contemporânea nos apresenta é evolução do verbo.

É ele transformado em ondas, de todas as gamas, correlatas com a espécie dos aparelhos, transmissores e receptores, em sinais variados e em símbolos sem limites, cortando os espaços sem precedentes, em todas as direções, para que a mensagem da vida se faça presente e alimente a própria vida.

A música é uma comunicação da harmonia, a alegria é uma comunicação do prazer, o amor é uma comunicação da vida etc.

O espírito vibra em todos os diâmetros da eternidade, com seus iguais, em todo o sem limite da criação de Deus.

Não poderia existir ciência sem a troca de ideias, a filosofia sem conversações, e a religião sem a função sagrada do verbo.

A mente é o ponto alto de todos os intercâmbios.

O verbo é seu veículo, tanto quanto os gestos e a escrita.

Se quisermos fazer um aproveitamento de todas essas oportunidades, faz-se necessário que nos eduquemos.

A auto-educaçâo se alinha no primeiro plano.

E é bom que inicieis logo, hoje mesmo, agora, que estais lendo esta mensagem, se porventura ainda não começastes.

A meditação é um bom auxiliar, a prece o melhor ambiente para que o trabalho se frutifique, e a boa vontade o instrumento mais desejado para o estudante da verdade.

Falai com mais brandura, em todas as circunstâncias, não vos esquecendo de meditar no amor, de vos afeiçoar â alegria, em todas as horas das conversações com os semelhantes, pois ninguém suporta as irradiações dessa natureza, cedendo ao bem que desejais transmitir.

Até os animais e as plantas são – 84 – sensíveis às virtudes apregoadas pelo Divino Senhor.

Tudo na vida tem sua linguagem específica na escala evolutiva em que se encontra.

E o homem, sendo o mais evoluído, deve descobrir os meios pêlos quais o reino, à sua retaguarda, se comunica.

A inteligência é, para isso, força propulsora no empenho de abrir rasgos na ciência, e o progresso certificar-nos-á da felicidade pelo poder da esperança, que faz da fé o verdadeiro amor.

 200 total views,  4 views today