POLUIÇÃO MENTAL – Horizontes da Mente – Miramez 5/5 (1)

Download PDF
[Total: 0   Average: 0/5]

Uma mente poluída é uma mente fermentada, que macula a alma, tisna as forças do bem, dispostas ao amor.

Se quereis saber como vão os vossos pensamentos, em se referindo â coletividade, eles se igualam, mais ou menos à poluição física da Terra.

Sabemos, de certo modo, o que vai pelo íntimo de cada ser, estudando os fenômenos exteriores, pois eles são reaçôes das ações de cada um.

Uma mente desajustada provoca conturbaçâo de igual desajuste, e ainda coleta forças mentais da mesma sintonia para o seu próprio convívio, altera a função orgânica e destrilha o carro da vida por tempo indeterminado.

Inquieta os outros e inspira nos semelhantes somente o desânimo.

Alguém há de pensar: por que tanto desengano, por que tanto sofrimento? Os Céus não estão vendo a Terra como um hospital, há tantos milénios? Assim também pensávamos quando crianças.

Não deveis subestimar a inteligência divina, que sabe os porquês de todas as coisas.

E nós outros, com o passar do tempo, vamos tomando conhecimento da realidade interna e externa de tudo o que existe.

Falamos muito no mal, combatemo-lo por todos os meios disponiveis ao nosso alcance.

No entanto, é como diz o Divino Mestre: Ai daquele que escandalizar, mas é necessário o escândalo .

Para o porte evolutivo das criaturas no mundo, por muito tempo vamos ter escândalos frequentes de todos os tipos, de toda sorte, pois eles criam reaçôes para a auto-educação dos homens.

Não obstante, é época de falarmos na reconstrução da velha mente em mente nova, de maneira a vigorar todos os princípios do Cristianismo primitivo, no coração e na inteligência de cada alma.

Então não devemos combater a poluição mental por ser ela uma necessidade ao processo evolutivo? Devemos, perfeitamente, removê-la com as nossas forças.

Se assim não for, entorpeceremos os nossos sentidos mais dignos, pêlos quais poderemos observar o céu, Deus, o amor etc.

Compete a nós realizarmos os nossos deveres, porquanto o Senhor sempre faz o d Ele adiante de todos.

É uma luta que temos de travar, e com mais intensidade, dentro de nós.

Um espírito educado educa seu mundo exterior.

A vinda de Jesus à Terra não foi para experiências e, sim, por ter chegado a hora.

Os clarins da eternidade soaram e os anjos desceram para conviver com os homens e ensinar-lhes os caminhos da paz, da caridade e do amor.

Os emissários do Evangelho são as estrelas chamejantes que vieram queimar a eiva, limpar a borrasca, atear fogo ao joio, deixando o trigo na sua florescente abundância.

Não vedes no mundo o empenho das autoridades em limpar das cidades o lixo, em recolher os assassinos, os mendigos, os ladrões e subversivos? É trabalho nosso fazer o mesmo em nossa cidade mental, que tem todos esses pontos de fácil contaminação.

E por se tratar de uma organização mais perfeita, o cuidado haverá de ser maior.

Os maus pensamentos sujam as ruas da mente mais do que sujais as vias da Terra, em épocas de festejos delirantes.

A reforma das ideias é como a reconstrução de uma metrópole velha, para que, no mesmo lugar, seja edificada uma cidade nova.

É preciso muita coragem, muita persistência e muita fé.

– 104 – As ideias negativas são verdadeiros assassinos dos bons princípios e as emoções inferiores roubam as oportunidades dos sentimentos do bem.

Os mendigos da inércia e a subversão do ódio poluem a mente.

Nesse fogo insuportável, busquemos Jesus.

Ele é o caminho, a verdade e a vida.

F^elo Cristo, encontraremos a porta ou a pedra filosofal, pela qual poderemos purificar as nossas ideias, elevando os nossos sentimentos e instalando luz na cidade escura da mente.

 364 total views,  4 views today