DEIXEM OS MORTOS COM OS MORTOS 5/5 (5)

Download PDF
[Total: 0   Average: 0/5]

Contribuição de Roberto Luiz C B C dos Santos

DEIXEM OS MORTOS COM OS MORTOS

Deixem que os teu mortos fiquem com os mortos. Não queira ir junto abreviando tua estadia terrena. A morte também é vida!

Não quero dizer que deixe de viver o luto, mas dizer que os deixem em paz para seguirem felizes na nova morada aonde se encontram.

A tristeza implacável, o desânimo, a revolta, o pessimismo, nada disso faz bem a quem está de luto, tão pouco aos que se desprenderam deste mundo ao cumprirem seus ciclos de vida terrena.

É preciso maturidade, fé, respeito e obediência a Deus em aceitar os desígnios nesta passagem aqui na terra.

Creia que nada e ninguém morre. A vida é imortal!

Se creres que a morte é o fim significa que está totalmente equivocado quanto a existência de Deus – o Pai.

Aceite a vida como ela é, sem celeumas e sofrimentos que a corrompe.

A única terapia que poderá fazê-lo acreditar no ver, sentir e falar é através da constelação familiar, onde o entequerido que se foi se manifesta através de um representante e diz tudo que precisa ouvir para acreditar que não está morto.

Dirá que sente muitas saudades e que valeu a pena tê-lo vinculado ao coração. Também dirá que estará bem se você compreender e aceitar que estão vivos e felizes.

Outras terapias sei que podem amenizar-lhes as dores, mas jamais fazê-los aceitar a morte como sequência natural da vida.

Neste sentido, reaja para essa verdade. Eles sofrem porque vocês estão sofrendo. Assim, por amor, deixe-os em paz viverem um novo ciclo de vida.

Não permitirem -se neste entendimento é postergar as dores e atrair infelicidades, ou seja, é egoísmo.

Prendê-los nas dores e revoltas é sentimento de desamor a estes que partiram. Procure refletir sobre essa abordagem. Se ainda assim, continuares em insistir na incompreensão da vida, faça urgentemente a constelação familiar porque nenhum ser humano por mais preparado que seja profissionalmente, jamais conseguirá demovê-los das dores com a recusa de não aceitar os desígnios de Deus através da morte corpórea inevitavel.

Quando os pensamentos de tristeza ressurgirem, desvie-os com recordações dos bons momentos vividos com gratidão.

Libere-os e liberte-se do inconformismo, porque isto é uma afronta a Deus.

Espero que possam refletir sobre o que discorri com a intenção de ajudar os vivos e, também, os mortos deixando-os em paz.

Roberto Luiz Santos. 17-01-2019

 292 total views,  4 views today