DOZE CONSTATAÇÕES EVOLUTIVAS QUE NINGUÉM, NINGUÉM MESMO CONSEGUE FUGIR. – Joanna de Ângelis – Reform 3.75/5 (4)

Download PDF
[Total: 1   Average: 4/5]

1 – O outro não existe para te agradar ou para te desagradar.
O outro existe para te ensinar.

2 – Ninguém é culpado pelo que estás sentindo.
É tu que optas pelos sentimentos que tens neste exato momento.
Só tu.

3 – A arte de viver sem expectativas, e sim com perspectiva é a chave para não se frustrar.

4 – Cura em ti o vício da necessidade de aprovação do outro.
Só assim poderás desfrutar da ousadia e da confiança natural do teu espírito, da tua essência.

5 – Tu não tens controle de nada, por mais que acredites que tens.
Lembra-te, daqui a pouco a Terra irá reivindicar o teu corpo e deixarás este planeta para ingressar numa nova fase de existência.
Abre mão do controle, só assim terás domínio sobre ti mesmo e sobre a tua vida.
Controle é um reflexo do medo, já o domínio é um reflexo do estado de ausência absoluta de tensão interna e do teu encontro com a paz.

6 – Não te descaracterizes para tentar caber no espaço apertado do pensamento que o outro tem em relação a ti.
Isso não vai dar certo.
Quando tu te anulas para agradar alguém, a tua luz apaga-se e é apenas tu, quem fica no escuro sentindo-te perdido.

7 – Cuidado no que os outros dizem para ti, por mais romântico e poético que possa ser.
O que importa são as atitudes.

8 – Abandona o orgulho e o delírio de acreditar que tudo vai ser como tu queres, desejas ou necessitas.

9 – Tudo é passageiro.
De perto a vida é uma tragédia, de longe é uma comédia.
Daqui algum tempo irás rir de todos os dramas que criaste.
Pois tudo passa.
Tudo.

10 – Tu és responsável por tudo que está acontecendo na tua vida.
Teus pensamentos e sentimentos predominantes irão formatar a tua realidade, quer tu queiras, quer não.
Portanto, se quiseres mudar a tua realidade, muda teus pensamentos e sentimentos.

11 – Carência emocional não é a necessidade de receber, e sim de se dar.
Só tu poderás suprir as tuas necessidades emocionais.
Projetá-las em alguém é o mesmo que pedir para que alguém se alimente para saciar a tua fome.

12 – Vive com simplicidade e com mais realidade.
Só assim, quem tu realmente és, vai surgir de verdade.
Ri mais e não leve tudo tão a sério.
Afinal de contas, a essência da vida é se descobrir e desfrutar dessa maravilhosa aventura chamada evolução.

Joanna de Ângelis – Reforma Íntima.

Fonte: Estudante Espírita.

 2,311 total views,  6 views today