Numa casa em reforma – Redação do Momento Espírita 5/5 (2)

Our Score
Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]
Download PDF

Numa casa em reforma, quem permanece parado no meio da sala, costuma atrapalhar.

Se, um dia, passamos pelo processo de reforma em nossa casa, certamente, compreendemos bem a expressão.

O ambiente vive um estado de caos temporário, tudo fora do lugar, sujeira, pessoas estranhas, muitas vezes, perambulando pelos ambientes íntimos do nosso sagrado lar.

Sofremos, mas toleramos, pois se trata de uma reforma, algo para o bem, algo que trará um resultado melhor em breve.

Acabamos suportando, mas sempre com uma reclamaçãozinha aqui, uma crítica ali.

Alguns nos apavoramos.
Saímos do nosso ritmo, da nossa rotina, como se isso fosse o pior acontecimento do mundo, esquecendo que se trata de uma melhoria, um burilamento, por vezes, um conserto.

Pois bem.
.
.
Vivemos em diversas casas em processo de reforma.

A primeira delas é a casa íntima.
A alma é uma casa em reforma.
As encarnações atuais são encarnações de ajustes, transformações, remodelações.

Consertamos vazamentos, pinturas que descascam com o tempo, ao mesmo tempo, que ampliamos a moradia, erguendo novos cômodos, fazendo-os mais confortáveis e melhores.

Desenvolvemos virtudes e trabalhamos nossos vícios – aí está a reforma íntima do dia a dia.

A segunda casa em reforma é a nossa família.

Casas em reorganização que se reúnem por diversas razões, a família é um organismo vivo em constante revolução e reestruturação.

Não esperemos viver num lar sem conflitos, sem desafios, sem frustrações.
A família é uma casa em reforma.

Muito pó no ar, muitos móveis fora do lugar, muita gente falando ao mesmo tempo sem se entender, em diversas situações.

Porém, isso faz parte da proposta dela, lembremos disso.
O quanto antes os ajustes forem feitos, o quanto antes resolvermos os perrengues, antes teremos a casa pronta, como gostaríamos.

Por fim, o planeta Terra é a grande casa em reforma.

Não é de nos espantarmos.
Casas íntimas em reestruturação, dentro de famílias e sociedades em reajuste, resulta numa enorme reforma.

Vale um alerta, uma observação fundamental, que trouxemos em nossa primeira frase:

Numa casa em reforma, quem permanece parado no meio da sala, costuma atrapalhar.

Sabemos muito bem como atrapalha alguém que está ali, no meio da confusão, simplesmente parado, sem fazer nada.
Podemos dizer que, inclusive, atrasa o trabalho dos outros e a reforma da própria casa.

Essa linguagem figurada nos remete a estarmos atrapalhando o processo de reforma da nossa própria casa!

Parece estranho, mas é mais comum do que imaginamos.

Assim, o nosso é um convite à ação, à proatividade.
O quanto mais ajudarmos, antes ela acaba, antes poderemos desfrutar dos benefícios de uma residência melhor.

Isso vale para a reforma íntima, para a da família e a do planeta.

Pensemos nisso da próxima vez em que estivermos parados no meio da sala, enquanto tantos trabalham pelo bem, pelas melhorias das edificações, pelas realizações necessárias e urgentes no planeta.

A casa também é nossa.
Mãos a obra!

Redação do Momento Espírita

Em 3.
5.
2022

 176 total views,  4 views today